Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘meio ambiente’

Vejam esse vídeo bem interessante e educativo sobre reciclagem e separação dos resíduos sólidos. É  lúdico, objetivo e divertido  certeza que vai para nossa página de educação e arte…

ECOLOVE

Anúncios

Read Full Post »

Proteína encontrada no veneno das abelhas é capaz de detectar explosivos com precisão inédita de apenas uma molécula.
A descoberta, publicada na Proceedings of the National Academy of Sciences, foi feita por engenheiros químicos do Massachusetts Institute of Technology (MIT) liderados por Michael Strano e já despertou o interesse por suas aplicações comerciais e militares.
Os sensores poderiam resultar em detectores muito mais precisos do que os atualmente usados em aeroportos, por exemplo, que usam a espectrometria para analisar partículas carregadas conforme se movem no ar.
Já a descoberta do MIT atinge o limite máximo de detecção: encontra quantidades ínfimas como uma única molécula, desde que deixado em temperatura ambiente e sob pressão atmosférica. As proteínas do veneno de abelha se mostraram especialmente sensíveis a uma classe conhecida como compostos nitro-aromáticos, do qual a TNT faz parte.
Esta é a primeira vez que as proteínas do veneno da abelha são associadas a reação a explosivos. Os fragmentos usados, chamados “bombolitins”, foram usados juntamente com nanotubos de carbono (cilindros ocos com a espessura de um átomo de carbono puro).
Os nanotubos possuem uma fluorescência natural. Eles são recobertos com as proteínas do veneno de abelha que, naturalmente, atraem as moléculas de explosivos. Quando ambas se ligam, ocorre uma mudança no comprimento de onda da fluorescência do nanotubo que é detectada por um microscópio. Como as moléculas afetam o comprimento de onda e não a intensidade da fluorescência, o mecanismo não é influenciado pela luz ambiente.
O aparelho também pode sentir os produtos resultantes da decomposição desses explosivos.
Como as muitas combinações de proteínas com nanotubos reagem a diferentes compostos nitro-aromáticos, os pesquisadores podem identificar a “digital” de cada explosivo calibrando o equipamento.
O uso da proteína das abelhas já foi patenteado mas, para estar comercialmente disponível, o aparelho ainda precisa de um dispositivo relativamente barato capaz de capturar as moléculas do ar.

Fonte: http://planetasustentavel.abril.com.br

Read Full Post »

Pense… Garrafas Pet usadas podem estar : ou descartadas por aí,

ou boiando em um rio, ou reciclando em uma indústria, ou sendo reaproveitada

por gente que tem criatividade  e vontade e fazer um mundo diferente.

Em um reaproveitamento sustentável damos vida a coisas que ja estavam

mortas como uma simples garrafa plástica. Click PET você também

https://ecoplantar.wordpress.com/click-pet/

Read Full Post »

As iniciativas de reaproveitamento estão tomando conta do nosso cotidiano, mas a natureza e o planeta precisam de mais…..Mostre-nos a sua enviando vídeo para ecoplantarltda@gmail.com que divulgamos seu projeto….

Read Full Post »

Jornal Nacional2010 – Soluções tecnológicas para o lixo das cidades acontecem

na Europa sob forte cultura de separação de resíduos . ECOREEDUCAÇÃO!!!

Read Full Post »

CONSERVE O PLANETA, AINDA DA TEMPO!!!

AFILIE-SE AO http://www.wwf.org.br/

Read Full Post »

Já ouviram falar sobre a PEGADA ECOLÓGICA?

A PEGADA ECOLÓGICA é um estudo ambiental feito pela WWF -Brasil em parceria com as prefeituras das cidades, Global Footprint Network (GFN), a empresa social ecosSISTEMAS e as Universidades locais no caso a Anhanguera, que visa contabilizar o consumo e  a capacidade de recursos naturais disponíveis no planeta. Nossa Capital Campo Grande/MS foi a primeira cidade do Brasil onde foi feite esse levantamento. Foram avaliados hábitos de consumo da população da cidade morena que indicaram pegada ecológica de 3,14 hectares globais por pessoa (pressão do consumo das populações humanas sobre os recursos naturais) e consumo elevado de alimentos (45%) principalmente de carne. Também foi constatado que nosso consumo de energia elétrica está acima da média brasileira.

OU SEJA ESTAMOS EXAGERADOS!!!!!

O professor Ricardo Abramovay elogiou o pioneirismo do estudo realizado em Campo Grande. De acordo com ele, o alto consumo está conduzindo o mundo a uma “rota suicida” e para evitar que isso aconteça, é fundamental conhecer, diagnosticar. “Considero essa iniciativa  muito importante. Estamos abertos a  participar desse processo de mobilização para que possamos enfrentar esse problema”. (Fonte WWF-Brasil http://www.wwf.org.br/?28242/Pegada-Ecolgica-das-cidades–tema-de-debate-na-USP)

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: